Geopolítica da pandemia

por Rennan Ramazini

Reprodução - internet
O neoliberalismo e o "fiscalismo" do governo Bolsonaro e da Faria Lima, com a PEC do Teto, ñ permite investimento público, ñ permite emissão de crédito, ñ permite auxílio emergencial. E quando permite são míseros 250 reais (que ñ compram nada), sob terrorismo fiscal tirando dinheiro da saúde/educação.

EUA 🇺🇸: emitiu 4 trilhões de dólares em crédito (num novo keynesianismo que reedita o New Deal) pagando quase 10 mil reais de auxílio pra cada cidadão do seu país, como forma de permitir que fiquem em casa até a vacinação coletiva e posteriormente, junto do investimento público, consumam pra reabilitar a economia e o mercado interno.

China 🇨🇳: Descobriu o vírus, mapeou o vírus e avisou o mundo. Com seu planejamento estatal, ciência revolucionária e população educada, fez tudo certo, do lockdown civilizado á produção da própria vacina, já retomou sua vida.

Alemanha 🇩🇪 : Criou o maior pacote de ajuda econômica desde a segunda guerra mundial. Emissão de 156 bilhões de Euros em crédito, “freio da dívida”, reestatização de portos e aeroportos, remunicipalizaçao de serviços básicos, investimento estatal estratégico, amparo e “reconstrução” do país sem Plano Marshall.

O Corona vírus enterrou o neoliberalismo no mundo inteiro, menos no Brasil🇧🇷: Que fez “tudo errado” desde o início.

O neoliberalismo e o “fiscalismo” do governo Bolsonaro e da Faria Lima, com a PEC do Teto, ñ permite investimento público, ñ permite emissão de crédito, ñ permite auxílio emergencial. E quando permite são míseros 250 reais (que ñ compram nada), sob terrorismo fiscal tirando dinheiro da saúde/educação.

Bolsonaro é genocida porque negou o vírus, negou à pandemia, combateu a vacina, indicou cloroquina, apostou na imunidade de rebanho e jogou o trabalhador sem auxílio, já precarizado pelas reformas neoliberais, á morte.
O Governo não garantiu a manutenção dos empregos e dos salários, tampouco a sobrevivência e manutenção das empresas e do comércio, e com o pouco auxílio, obrigou o trabalhador a sair de casa pra trabalhar, se infeccionar, espalhar o vírus, e morrer.

Paulo Guedes disse claramente que é pra deixar falir as micro, pequenas e médias empresas. É um projeto eugenista.

O Brasil 🇧🇷 hoje é um risco sanitário global com o surgimento de novas cepas. Ficaremos nesse pesadelo até 2022.

Publicação Original